Connect with us

Fora dos Gramados

Tite não trabalhará no Brasil após deixar a seleção

Treinador deve assumir algum clube europeu

Published

on

Que Tite não seguirá na Seleção Brasileira, todo mundo já sabe. Porém, em entrevista ao jornal inglês The Guardian, o treinador afirmou que não trabalhará no país após a Copa do Mundo 2022.

“Minha ideia, definitivamente, não é trabalhar no Brasil”, assumiu.

O gaúcho quer ganhar o Mundial e revelou que quando foi sondado por clubes, em 2018, pediu que ninguém se aproximasse dele: “Eu disse: ‘Não vou falar, não chegue perto.’”

“Quando você faz algo em paralelo, isso não está sendo feito ao máximo (…) Eu quero ganhar a Copa do Mundo. Depois da Copa, vou decidir meu futuro”.

Tite ainda revelou os clubes que fizeram propostas para que ele deixasse a seleção antes da Copa de 2018: Real Madrid, PSG e Sporting.

Por fim, o treinador afirmou que quer ano sabático após deixar o comando da seleção: “Quero passar um ano sabático, estudando, com minha família. Não ter responsabilidade”, finalizou.