O esforço que valeu à pena

0
285

Estava acompanhando o jogo entre Universidad Católica e Deportes Iquique pela Copa do Chile. Muitos podem me chamar de louco, já que consideram uma competição sem muita expressão, mas esses campeonatos de futebol que não têm muita atenção da mídia me encantam.

Quando comecei a assistir, a partida estava 2 x 0 para o Iquique e eu pensei na minha cabeça: “esse jogo já foi”. Pois bem, deu alguns minutos e a UC descontou. No início do segundo tempo, Alexander Oroz marcou o terceiro do Iquique e mais uma vez eu pensei que o jogo estava acabado.

Mas como nada é impossível no futebol, a Universidad conseguiu virar o jogo em 10 minutos. Isso mesmo, a equipe reverteu um 3 x 1 para 4 x 3 em 10 minutos e estava avançando, mas acabou sofrendo o empate logo em seguida. Adivinhem? Pênaltis!

Na marca da cal, todos estavam cobrando muito bem e deslocando os goleiros. Juan Cornejo desenhou sua cobrança e parou no goleiro e o Iquique tinha tudo para vencer a partida. Mas o destino queria que a UC avançasse e o jovem goleiro Vicente Bernedo catou o pênalti de Michael Contreras.

Mais dois pênaltis foram convertidos pela Universidad, até que Ariel Coronel foi para a cobrança e parou em VIcente Bernedo, que classificou sua equipe à próxima fase da competição.